Limpezas de Estação

Mudança de estação é também uma oportunidade para se fazer uma mudança na nossa vida. 
Pelo menos eu assim o vejo; é o momento ideal para mudar de posição os moveis da casa, é a desculpa perfeita para cortar o cabelo e mudar o look, mudar as cortinas da sala, deixar o namorado que não nos faz feliz, eliminar números da lista telefónica ou simplesmente arrumar o armário. 

Eu dedico-me neste momento a esta última tarefa, que confesso que me é muito mais difícil do que apagar “amigos” no facebook. 😝
Lamentavelmente e contra todos os meus valores, sou mega consumista. Quero acreditar que estou bastante melhor com o passar dos anos, mas ainda assim, compro muitíssimas coisas que realmente não preciso. Enfim… E obviamente, por maior que seja a minha casa, e apesar de ter um walk-in closet, já não me cabe toda a M%&#@ que tenho. 

Faço normalmente uma limpeza anual, e daí às vezes saem trocas de roupa e acessórios entre amigas; doações a diferentes associações ou também mercadinhos de segunda-mão onde se vende tudo aquilo que já não queremos.  

A regra é simples (mas nem sempre é aplicada) tudo o que não uso há mais de 2 anos, vai embora! 

Claro que não é uma tarefa fácil… 

Vivo na esperança de perder aqueles 5 kgs que ganhei depois dos 30 e poder voltar a entrar naquele “basicão” 38 que me cabe só numa perna.

 Hello!!! Provavelmente nunca voltará a acontecer. 

Guardo religiosamente o casaco de pele que comprei a primeira vez que fui a Londres há 16 anos, mas que já não fecha. Os meus primeiros Gazelle bordeaux de 1997, que me acompanharam em todas as viagens por essa Europa fora; quando ainda calçava 39 (agora calço 41 😱). E posso continuar a enumerar peças que fazem parte da historia da minha vida, mas que não as ponho há muuuuito mais de 2 anos. 

Na verdade os objetos não passam de isso mesmo – OBJETOS; coisas que têm o valor que lhes damos porque as usámos numa determinada ocasião, ou as comprámos naquela viagem especial. Mas como dizem os meus saudosos Ornatos Violeta… são só coisas! 

Quando penso racionalmente, sei que tenho muita dificuldade em desfazer-me de algumas coisas, o que para uma emigrante é algo terrível; já que não pertencemos de verdade a lugar nenhum. E de vez em quando temos que mudar de casa, e só nós sabemos como custa uma mudança em Barcelona… 

Este ano a limpeza será mais agressiva, preciso realmente de espaço e não preciso de toda a roupa que tenho e não uso.  Todos os anos acabo por comprar alguma peça de roupa e aos poucos acumulo o que poderia ser o armazém de qualquer loja pequena da baixa de Lisboa. 

Prefiro guardar os meus livros, discos, quadros, fotografias e diários das viagens, estes sim são os verdadeiros objetos importantes da minha vida. 

A moda é cada vez mais algo efémero, cíclico e repetido. Mas para quem gosta, é penoso não dar uma espreitadela nas colecções e comprar alguma peça realmente original. Sei que não precisamos assim de tanta roupa, precisamos sim de algumas peças básicas e de boa qualidade, que bem misturadas podem durar anos e ter sempre muito estilo! 

Em Barcelona pode-se entregar a roupa que já não queremos em qualquer posto da Roupa Amiga, nas lojas da Humana, ligar ao serviço do Ayuntamiento (Câmara  Municipal) para fazer a recolha em nossa casa, ou entregar a uma qualquer associação que distribua a quem precisa. 

Aqui vao os contactos que recomendo… 

Recolha de roupa em casa
Roupa Amiga
Esperança
Humana

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s