Turista na minha cidade

Ás vezes preciso de fazer as pazes com Barcelona. Não que nos tenhamos zangado muitas vezes, mas noto que cada vez mais, preciso de parar e pensar no que faço aqui, porque é que ainda cá estou e principalmente porque quero continuar a viver nesta cidade. Todas estas questões surgiram depois de ser mãe e intensificaram-se com a chegada desta interminável pandemia.

Tenho saudades de olhar para as coisas como se fosse a primeira vez e acho que faz falta também ter a capacidade de olhar para essas mesmas coisas, com a noção de que pode sempre ser a última. Devíamo-nos envergonhar de dar tão pouco valor aquilo de temos como seguro. Tudo pode mudar de um dia para o outro e sinceramente, o único sentimento que não quero levar comigo, é o arrependimento.

Hoje escrevo sobre a minha recente descoberta em Barcelona: a primeira casa do Gaudi, que já queria ter visitado antes, mas que fui adiando a visita sem nenhuma aparente justificação. Este último fim de semana voltei a ser turista em Barcelona!

Isto de ser turista na cidade onde vivemos é do melhor que há, e aqui em Barcelona nem é algo tão fora do comum, já que a cidade é um museu por si só. Na verdade penso que, nós habitantes, tiramos bastante proveito de todas as potencialidades aqui do burgo.
Mas para o caso de haver dúvidas, para o caso de não ser tão evidente visitar os locais turísticos das cidades de quem me lê, aqui deixo este post.

Dica principal: Pesquisar! Ninguém sabe tudo. As cidades são elementos vivos, em constante mutação e que evoluem a um ritmo que a maioria das pessoas não consegue acompanhar, deixamo-nos quase sempre condicionar pela rotina e pelos horários.
Lembro-me que quando fazia a agenda mensal sobre Barcelona, estava sempre por dentro das novidades e tinha todas as semanas alguma atividade para fazer. Era mesmo bom!

Se nos falta iniciativa e queremos esquivar a preguiça, o melhor mesmo é combinar com alguém. Assim temos o “compromisso” de ir a tal sitio com aquele amigo ou amiga e não vale inventar desculpas de última hora.

A técnica de marcar no calendário também funciona. Propomo-nos a fazer algo naquele dia e torna-se uma missão. Está na agenda e é para cumprir!
O H. e eu assumimos o compromisso de que não ficaríamos muito tempo sem ver o mar. Vivemos numa cidade mediterrânea, e demo-nos conta de que passavam semanas e nem púnhamos os pés na praia. Seja qual for a estação do ano, seja qual for o dia da semana, em Barcelona podemos pegar nas bicicletas e descer até à praia, para ver a imensidão daquele azul profundo que nos limpa a alma e nos traz paz e clareza. Com filhos é ainda mais importante usarmos estes truques para fugirmos à rotina, por isso este é um dos pactos que temos cá em casa.

Outro, é aproveitarmos tudo o que a cidade tem para nos dar a nível cultural, histórico, arquitetónico e natural. Já tivemos muitos domingos de ressaca, já “perdemos” muitas noites que viraram dias; agora chegou a altura de fazer a ‘bucket list’ da cidade que escolhemos para viver, e começar a riscar tudo aquilo que ainda nos falta visitar.

A Casa Vicens é um palacete modernista localizado no bairro da Gracia, e foi o primeiro projeto importante de Antonio Gaudí. Depois de totalmente recuperado abriu ao publico como casa museu e vale muito a pena visitar. Como todas as obras de Gaudí tem muitos elementos inspirados na natureza, mas para mim o que mais me chamou a atenção, foi uma forte influencia oriental, que dá a este monumento um toque exótico e bastante diferente.

Deixo aqui o link da pagina, para terem mais informação, e as fotos desta incrível obra catalã.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s