Macramé is back!

Como já disse várias vezes, isto das manualidades e decoração é algo genético e contra o qual não é possível lutar. Nem quero! 😉 

A minha mãe sempre foi e continua a ser assim; quando não tem nada para fazer, inventa! E tudo lhe sai perfeito e super original. Desde pequenas que sempre fizemos coisas juntas, ou para nós próprias ou para dar de prenda à família e amigos, nos natais e aniversários. 

Crescemos com 2 livros na mão, eram as “bíblias da bricolage” lá de casa.   

Estes livros foram comprados em Lisboa em 1973 pela minha querida tia Regina, e enviados para Angola, para que a minha mãe encontrasse inspiração e ideias para os trabalhos manuais que fazia com os alunos. Naquela altura a minha mãe era professora primária em Luanda. 

Ambos estão assinados e dedicados à minha irmã, porque em 1981 quando deixámos Angola e nos mudámos para Portugal, não era permitido sair do país com nenhum artigo novo, que pudesse servir para comercializar. 

São livros de criações manuais educativas, um deles é inteiramente dedicado ao papel, e o outro a trabalhos com tela, corda e ráfia. Estão em francês, mas isso nunca foi impedimento para que fizéssemos e voltássemos a fazer as suas mil e uma ideias. 

Como continuo a trabalhar na decoração da minha casa, (forever WIP), este fim de semana foi tempo de organizar, limpar e transplantar as plantas de interior. Inspirada pela moda do macramé e com todas as ideias destes livros sempre na memória, resolvi fazer um suporte para plantas. 

Andei a ver numas lojas aqui no centro de Barcelona e os mais baratos custavam entre 9-16€, pareceu-me bastante para algo que posso fazer eu mesma. 

Comprei sisal porque queria um suporte com um tom natural e neutro (por 1 rolo de 2 kg paguei 6€ e seguramente dar-me-á para fazer vários suportes). Mas pode-se fazer com qualquer outro material: rafia, trapilho, lã, corda, etc. 

Há vários tutoriais na internet que ensinam a fazer macramé, uns mais elaborados e outros bastante simples; por isso quem quiser tentar basta procurar, comprar o material e pôr mãos à obra. 

Eu optei inicialmente pelo modelo mais básico e no segundo já arrisquei um bocadinho mais. 

Aqui ficam as fotos!

     
  

    
    

 

One thought on “Macramé is back!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s